Processamento de Cerâmicas Piezoelétricas a base de (Na0,48,K0,52)NbO3 via Forno de Micro-Ondas Híbrido

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
10-023
Camila Alves Souza Souza, C.A.(Universidade Federal de São Paulo); Lente, M.H.(Universidade Federal de São Paulo); Cerâmicas piezoelétricas a base de Niobato de Potássio e Sódio (KNN) constitui-se no sistema mais promissor para a substituição das cerâmicas que possuem Pb em suas composições, como o PZT, devido às excelentes propriedades ferroelétricas, piroelétricas e piezoelétricas. Sabe-se que a otimização das propriedades elétricas dos materiais piezoelétricos pode ser alcançada a partir de um adequado processamento. Sendo assim, nos últimos anos, o estudo e desenvolvimento de novos métodos de processamento intensificaram-se. Dentre as inovações no campo de processamento está a rota de sinterização via forno de micro-ondas híbrido. Esse método baseia-se no aquecimento rápido e volumétrico do material promovendo a sinterização e a densificação a partir da interação do corpo cerâmico com as micro-ondas emitidas, aliado à transferência de calor através do susceptor que reveste as paredes do forno de micro-ondas. Esta rota de sinterização permite uma distribuição uniforme de temperatura resultando, teoricamente, em uma maior uniformidade microestrutural e refletindo em melhores propriedades físicas para o corpo cerâmico. Neste trabalho, realizou-se a síntese e a sinterização de cerâmicas piezoelétricas com composição (Na0,48,K0,52)NbO3 processadas via micro-ondas híbrido através de um estudo sistemático para a determinação dos melhores parâmetros de processamento, como taxa de aquecimento ou patamares de sinterização. Caracterizações microestruturais, estruturais e elétricas foram realizadas com o objetivo de se verificar as propriedades físicas dos materiais produzidos por esta rota. Os resultados mostraram que a partir deste método torna-se possível a obtenção de corpos cerâmicos com maior homogeneidade composicional, devido à menor volatilização dos elementos alcalinos, alta qualidade microestrutural com grãos com formatos e tamanhos mais homogêneos e ganhos de tempo e energia de processamento.
<< Voltar