OBTENÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO CATALISADOR Ce/Mo-MCM-41.

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
02-050
Thiago Rodrigo Barbosa Barros Barros, T.R.(Universidade Federal de Campina Grande); Souza, E.L.(Universidade Federal de Campina Grande); Sousa, B.V.(Universidade Federal de Campina Grande); O suporte catalítico MCM-41 vem tornando-se promissor para diversas aplicações em catálise e adsorção devido a sua distribuição uniforme de tamanho de poros e área superficial especifica de até 1400 m2.g-1. A inserção de óxidos metálicos aumenta a atividade catalítica da peneira molecular e possibilita a preparação de catalisadores com maior atividade, seletividade e estabilidade térmica. O presente trabalho tem como objetivo a obtenção do catalisador Mo/Ce-MCM-41 para aplicação em reações catalíticas. A peneira molecular foi sintetizada partindo-se de um gel com a seguinte composição molar da mistura reacional: 1SiO2 : 0,30 CTABr : 11 NH3 : 144 H2O. Após a remoção do direcionador estrutural, os metais cério e molibdênio, foram incorporados separadamente no suporte catalítico MCM-41, com teores de 25% e 10% em peso, respectivamente. O método escolhido para a incorporação dos metais foi a impregnação por via úmida, com o intuito de que ocorra a interação química entre o suporte e o sal precursor dos metais, de modo a obter um material com uma melhor dispersão das espécies ativas. Os materiais foram caracterizados por analise termogravimétrica (TG) e difração de raios X (DRX). Os difratogramas identificam as fases dos óxidos de cério e molibdênio na estrutura da peneira molecular, após o processo de incorporação e calcinação.
<< Voltar