Síntese e sinterização de perovsquitas hexagonais do tipo Ba5Nb4O15, Ba5Nb(4-x)TixO(15-y) e Ba5Nb(4-x)ZrxO(15-y)

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
10-026
Adriana Scoton Antonio Chinelatto Unti, L.F.(Universidade Estadual de Ponta Grossa); Chinelatto, A.S.(Universidade Estadual de Ponta Grossa); Chinelatto, A.L.(Universidade Estadual de Ponta Grossa); Grzebielucka, E.C.(Universidade Estadual de Ponta Grossa); Compostos da família das perovsquitas são amplamente utilizados em células a combustível de óxido sólido (CACOS), para a geração de energia limpa. Alguns estudos recentes mostraram que perovsquitas hexagonais, ao serem dopadas, podem apresentar condução do tipo protônica, o que aumentaria a eficiências destas células. O presente trabalho estudou a síntese de um composto deste tipo (Ba5Nb4O15), a partir de duas rotas de processamento diferentes (método Pechinni modificado e mistura de óxidos), e a influência da dopagem nas propriedades e estrutura deste material. A avaliação da fase formada nas sínteses foi feita por difração de raios X, utilizando o método de Rietveld. Os pós sintetizados foram prensados e a sinterização das pastilhas foi feita durante 4 horas, a 1400 ºC. As amostras sinterizadas foram caracterizadas por medidas de densidade aparente, feita pelo método de Arquimedes, por microscopia eletrônica de varredura e difração de raios X. Os resultados mostram que é possível obter a fase desejada pelos dois métodos, embora pela análise da difração de raios X, menos picos referentes a outras fases foram encontrados no método de mistura de óxidos; um dos precursores utilizados (óxido de nióbio) não é solúvel em água nem em etilenoglicol, o que pode ter comprometido a eficiência do método Pechinni. As amostras sinterizadas atingiram em torno de 80-85% da densidade teórica, o que pode ser otimizado com aditivos prévios a queima, e a microestrutura se mostrou homogênea.
<< Voltar