Produção de blocos de cerâmica vermelha com utilização de energia gerada por célula fotovoltaica na cidade de Miracema do Tocantins.

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
13-074
LORENA NEGREIROS NEVES FERNANDES, F.A.(FACUDADE CATÓLICA DO TOCANTINS); LIMA, A.B.(CATÓLICA DO TOCANTINS); NEVES, L.N.(CATÓLICA DO TOCANTINS); FERREIRA, P.R.(CATÓLICA DO TOCANTINS); Usar fontes alternativas, renováveis para geração de energia elétrica sem agredir ao meio ambiente e um ideal ambiental. O elevado custo da energia elétrica que hoje é fornecida pelas distribuidoras brasileiras, devido à falta de chuva nos reservatórios, motivou uma indústria de cerâmica vermelha da cidade de Miracema do Tocantins, a reduzir a dependência para produção de seus produtos. Este trabalho avaliou eficácia do uso energia elétrica gerada por células fotovoltaicas na produção de blocos cerâmicos de vedação. O acompanhamento do consumo de cada equipamento, foi realizado durante 90 dias, um unifilar foi projetado para distribuir a carga gerada e alimentar os equipamentos através de uma rede paralela e garantindo a alimentação. O resultado foi uma economia de 30% em relação a energia da concessionária. Com a economia gerado, em um prazo de 5 anos o investimento será pago e o valor do produto tornou-se mais competitivo.
<< Voltar