Obtenção de cerâmicas BiNbO4 para aplicação em antenas

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
10-036
Emmanuelle Oliveira Sancho Sancho, E.O.(Universidade Federal do Ceará); Almeida, J.S.(Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira); Sales, A.J.(Universidade Federal do Ceará); Nascimento, J.C.(Universidade Federal do Ceará); Sales, J.C.(Universidade Estadual do Vale do Acaraú); Sombra, A.S.(Universidade Federal do Ceará); O material niobato de bismuto BiNbO4 (BNO) foi preparado usando método do estado sólido a partir de seus óxidos puros, óxido de bismuto Bi2O3 e óxido de nióbio Nb2O5, para confirmação da fase produzida foi realizado análise de difração de raios-X baseado no refinamento de Rietveld. Micrografias foram obtidas utilizando microscopia eletrônica de varredura onde foi analisado a distribuição dos grãos. Com a fase BiNbO4 preparada, foi adicionada óxido de cobre CuO em concentrações de 3 e 5%, as amostras foram analisadas quanto a resposta dielétrica para aplicações em radiofrequência. Foi utilizado um analisador de impedância Solartron SI 1260 acoplado a um acessório para aquecimento das amostras na faixa de frequência 1 Hz a 10 MHz, e nas temperaturas de 40 a 420ºC em faixas de 20ºC. Os valores de perda dielétrica obtidas foram na faixa de 10-2 em todas as composições medidas na frequência de 10MHz, sendo os valores 1,27x 10-2 e 1,81 × 10-2. Também foram medidos valores de constante dielétrica na frequência de 10kHz, os valores obtidos para as amostras foram 87,15 e 88,63 respectivamente.
<< Voltar