Incorporação de granalha basáltica em matriz cimentícia para produção de tijolo ecológico.

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
13-089
Miguel de Oliveira Motta Neto Candido, V.S.(Universidade Federal do Pará); Motta Neto, M.d.(Centro Universitário Augusto Motta); Cavallini Neto, G.(Centro Universitário Augusto Motta); A busca por materiais ecologicamente corretos e que agridam menos o ambiente tem aumentado nos últimos anos. A incorporação de resíduos sólidos industriais em matriz cimentícia tem se mostrado uma alternativa para produção de materiais de construção sustentáveis e de bom desempenho tecnológico. Assim, o objetivo desse estudo foi avaliar a influencia da adição de granalha basáltica em massa cimentícia para produção de tijolos ecológicos. Os corpos de prova foram fabricados a partir da mistura de argila, cimento, areia e granalha basáltica na proporção de 0, 10 e 20% e, posteriormente, foram moldados cilíndricos metálicos de dimensões iguais a 10 cm de diâmetro por 20 cm de comprimento. O tempo de cura analisado foi igual há 28 dias. Após essa etapa, determinou-se a absorção de água e a resistência a compressão dos corpos de prova. Os resultados mostraram que a incorporação de 30% de granalha basáltica levou a um discreto aumento da resistência à compressão e da absorção de água.
<< Voltar