Modelamento de Histerese de ímãs Cerâmicos de Ferrite

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
10-048
Marcos Flavio Campos Campos, M.F.(UFF); Rodrigues, D.(BRATS Sintered Filters and Metallic Powders); de Castro, J.A.(Universidade Federal Fluminense); O processamento de ímãs inclui as etapas de moagem, compactação, orientação sob campo magnético e sinterização. No caso de ímãs aglomerados, as partículas de cerâmica são misturadas a polímeros e é feita uma cura. O modelamento de histerese de ímãs permite determinar parâmetros intrínsecos como campo de anisotropia e magnetização de saturação das fases. A textura cristalográfica tem um efeito significativo na curva de histerese. A textura pode ser alterada por meio do campo aplicado durante a etapa de compactação e orientação sob campo magnético. Efeitos da textura sobre o campo coercivo dos imãs são discutidos. Para efetuar o modelamento da histerese deve ser medida em magnetômetro de amostra vibrante ou histeresigrafo, e a correção do campo desmagnetizante deve ser efetuada. o campo aplicado deve ser acima do campo de anisotropia. A histerese experimental deve ser comparada com a histerese prevista pelo modelo Stoner-Wohlfarth.
<< Voltar