PROCESSAMENTO COLOIDAL DE HIDROXIAPATITA PARA PRODUÇÃO DE ELEMENTOS DE ENXERTÍA ÓSSEA

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
17-032
Luiz Fernando Setz Setz, L.F.(Universidade Federal do ABC); A hidroxiapatita (HA) é um dos materiais de referência para utilização em enxertia óssea na odontologia e medicina, e pode apresentar diferentes taxas de reabsorção no organismo, dependendo de cada caso específico. As propriedades físico-químicas dos biomateriais como taxas de absorção, podem ser obtidas se o processamento das matérias-primas for bem controlado, neste sentido, o processamento coloidal é de fundamental importância para se produzir produtos homogêneos e íntegros. Assim, o objetivo deste trabalho foi estudar o processamento coloidal da hidroxiapatita comercial para confecção de matrizes para enxertia óssea por meio de colagem em moldes de gesso. Caracterizou-se o material por meio de distribuição de tamanhos de partículas, área de superfície específica (BET), e medidas de viscosidade para determinação da curva de defloculação e para suspensões com diferentes conteúdos de sólidos. Suspensões aquosas mostraram-se adequadas para a produção de elementos de enxertia óssea por processamento coloidal.
<< Voltar