Efeito da incorporação de resíduo da etapa de produção da alumina eletrofundida nas propriedades da cerâmica vermelha

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
03-066
Lucas Fonseca Amaral NICOLITE, M.(Universidade Estadual do Norte Fluminense - Darcy Ribeiro); Delaqua, G.C.(Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Vieira, C.M.(Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Amaral, L.F.(Universidade Estadual Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Vernilli, F.(Escola de Engenharia de Lorena); Este trabalho objetiva avaliar o efeito da incorporação do material particulado gerado na etapa de eletrofusão da alumina de uma indústria de abrasivos, nas propriedades físicas e mecânicas da cerâmica vermelha. Foram preparadas formulações com incorporações de resíduo em até 20% em peso em massas cerâmicas contendo argila caulinítica e resíduo. Corpos de prova retangulares foram moldados por prensagem uniaxial em 41 MPa para queima na temperatura de 900°C. As propriedades avaliadas foram: retração linear, absorção de água e tensão de ruptura à flexão. Os resultados indicaram que a incorporação do resíduo prejudicou as propriedades da cerâmica, aumentando a absorção de água e reduzindo a resistência mecânica na temperatura investigada. Contudo, as propriedades avaliadas das peças cerâmicas contendo até 10% de resíduo situaram-se dentro dos limites estabelecidos pelas normas e recomendações para tijolos de alvenaria. Isto torna a indústria de cerâmica vermelha uma importante via para o reaproveitamento do resíduo particulado gerado na etapa de eletrofusão da alumina.
<< Voltar