Influência do MgO na ativação de argilas bentoníticas do município de Olivedos, Paraíba, Brasil, para aplicação em fluidos de perfuração a base de água

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
19-005
Ivna Daniele Pereira Pereira, I.D.(Universidade Federal de Campina Grande); Silva, I.A.(Universidade Federal de Campina Grande); Cartaxo, J.M.(Universidade Federal de Campina Grande); Menezes, R.R.(Universidade Federal de Campina Grande); Neves, G.A.(Universidade Federal de Campina Grande); As argilas bentoníticas admitem grandes modificações planejadas em sua microestrutura, permitindo assim obter propriedades específicas, fazendo com que esses materiais sejam aplicados em uma imensa gama de usos industriais, dentre as várias aplicações, destaca-se sua utilização em fluidos de perfuração. Assim, este trabalho tem por objetivo caracterizar física, mineralógica e tecnologicamente quatro tipos de argilas esmectíticas provenientes do Município de Olivedos, PB, Brasil, para uso em fluidos de perfuração de base água. Para tanto, as argilas foram beneficiadas e caracterizadas através das seguintes técnicas: granulometria a laser (AG), difração de raios-X (DRX), análise química (EDX), análise termogravimétrica (TG) e térmica diferencial (DTA). Em seguida as argilas foram transformadas em sódicas por meio de tratamento com carbonato de sódio (Na2CO3), além de serem tratadas com combinações de (Na2CO3) e óxido de magnésio (MgO). Posteriormente realizou-se o estudo do comportamento reológico das dispersões no intuito de determinar viscosidade aparente (VA), viscosidade plástica (VP) e pH. Os resultados mostraram que as argilas estudadas eram constituídas de esmectítica, caulinita e quartzo e são bentonitas policatiônicas. Com relação ao uso das argilas como agente viscosificante para fluidos de perfuração, observou-se que as argilas tratadas com Na2CO3 não atenderam as especificações necessária para uso em fluidos de perfuração base água, já a combinação de Na2CO3 e de MgO, para o tratamento das argilas, produziu um melhoramento nas propriedades dos fluidos produzidos, demonstrando ser aplicável na perfuração de poços.
<< Voltar