Efeito de formador misto em vidros boroteluretos de lítio.

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
08-027
Norma Maria Pereira Machado Machado, N.M.(Universidade Federal de São Carlos); Kundu, S.(Universidade Federal de São Carlos); Rodrigues, A.C.(Universidade Federal de São Carlos); O efeito de formador misto em vidros tem sido relatado em uma série de sistemas vítreos. Este efeito é normalmente definido como um desvio da linearidade da condutividade iônica em função da concentração de formador quando se substitui um formador por outro, mantendo-se a concentração de alcalinos constante. O efeito de formador misto pode ser ainda classificado como negativo, quando há uma diminuição da condutividade iônica em relação a uma mistura ideal, e positivo quando há um aumento da mesma. Contudo, existem algumas controvérsias na literatura sobre o efeito de formador misto em vidros boroteluretos (B2O3 e TeO2). Alguns autores relatam um efeito de formador misto positivo em vidros boroteluretos de lítio enquanto outros encontraram um efeito negativo em vidros boroteluretos de sódio. Finalmente, há divergências também do efeito formador mistos em relação a concentração de álcalis. Assim o objetivo desse trabalho é investigar o efeito de formador misto no sistema Li2O.B2O3.2TeO2 em duas concentrações de lítio diferentes. Para tal, foram preparados vidros em diversas composições baseados nas séries 0,40Li2O-0,60[xB2O3-(1-x)Te2O4] e 0,33Li2O-0,66[xB2O3-(1-x)Te2O4], variando o valor de x entre 0 e 1. O óxido de telúrio, TeO2 é escrito na forma Te2O4, para garantir o mesmo número de átomos formadores (B, Te), em todos os vidros de uma mesma série. A condutividade iônica dos vidros foi determinada por espectroscopia de impedância em diferentes temperaturas afim de determinar também a energia de ativação para condução de lítio. Os resultados de condutividade iônica obtidos mostraram um efeito de formador misto negativo em ambas as séries e o efeito de formador misto na condutividade iônica foi mais acentuado na série com menor teor de lítio. Por outro lado, a energia de ativação para a condução de lítio bem como o termo pré-exponencial da equação de Arrhenius demostraram um efeito de formador misto oposto ao da condutividade iônica, compatível com o esperado.
<< Voltar