Caracterização de composições a base de cimento de aluminato de cálcio em contato com solução simuladora de fluido corporal

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
12-005
Ivone Regina Oliveira Oliveira, I.R.(Universidade do Vale do Paraíba); de Andrade, T.L.(Universidade do Vale do Paraíba); Pandolfelli, V.C.(Universidade Federal de São Carlos); O aluminato de cálcio como biomaterial tem sido avaliado por mais de duas décadas com relação as suas propriedades físicas, mecânicas e de biocompatibilidade. Os materiais a base de aluminato de cálcio (CAC) exibem, devido suas características únicas de cura/endurecimento e microestrutura, um grande potencial como biomaterial. O objetivo desse trabalho foi avaliar a bioatividade de composições a base de CAC em contato com solução simuladora de fluido corporal (SBF) quando comparado com materiais comerciais usados na odontologia e ortopedia (Vidrion, Meron, PMMA). As composições foram preparadas pela adição ao CAC dos seguintes materiais (i) dispersante, (ii) plastificante e (iii) um dos compostos (alumina, zircônia, óxido de zinco, hidroxiapatita, fosfato tricálcico, quitosana e colágeno). Amostras preparadas a partir dessas composições foram mantidas em contato com água e SBF a 37oC. Medidas de pH e concentração de íons Ca2+ foram realizadas para as amostras em função do tempo (até 21 dias). Amostras também foram mantidas em contato com SBF durante 21 dias em um shaker e suas superfícies após secagem ao ambiente foram avaliadas por MEV e EDX. As amostras avaliadas apresentaram superior bioatividade comparada aos materiais comerciais. A concentração de íons cálcio no meio foi reduzida indicando a precipitação de apatitas na superfície das amostras.
<< Voltar