INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DE PÓ DE PEDRA NAS PROPRIEDADES DE BLOCO INTERTRAVADO: ESTADO DA ARTE

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
06-025
Erica Natasche de Medeiros Gurgel Pinto Pinto, E.N.(Universidade Federal Rural do Semi-Árido); Cabral, K.C.(Universidade Federal Rural do Semi-Árido); Menezes, A.L.(Universidade Federal Rural do Semi-Árido); Cardoso, N.(Universidade Federal Rural do Semi-Árido); A construção civil se destaca por ser um dos setores onde se tem maior desperdício de matéria-prima, e o maior prejudicado nisso é o meio ambiente, pois os resíduos são descartados de forma inadequada causando impactos ambientais. Um exemplo disso é o material proveniente da britagem de rochas graníticas, denominado pó de pedra. Buscando a minimização deste problema, existem diversos estudos referentes à reciclagem do pó de pedra, onde o mesmo é introduzido em substituição total ou parcial de um agregado natural em concretos, argamassas ou artigos pré-moldados. Diante disto, o presente trabalho apresenta um estado da arte sobre a influência da adição do pó de pedra quanto à permeabilidade e a resistência mecânica, na fabricação de bloco intertravado de concreto, fornecendo informações que venham subsidiar no desenvolvimento sustentável. A partir de diversos artigos estudos, pode-se observar que a adição do pó de pedra em substituição parcial do agregado natural na confecção dos blocos, proporciona um ganho significativo na resistência mecânica e aumento na absorção de água do bloco, comprovando sua viabilidade técnica e ecológica, já que além de aumento na resistência, proporciona também aumento na absorção, e são essas as duas propriedades mais desejáveis no bloco de concreto intertravado.
<< Voltar