AVALIAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DE FILITO E AREIA NAS PROPRIEDADES DA CERÂMICA ESTRUTURAL

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
03-026
Lucas Fonseca Amaral Amaral, L.F.(Universidade Estadual Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Vieira, C.M.(Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Delaqua, G.G.(Universidade Estadual Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Azevedo, A.R.(Instituto Federal Fluminense); Este trabalho tem por objetivo formular massa cerâmica para telhas com cor de queima clara, utilizando como matéria-prima principal uma argila plástica caulinítica do Estado do Rio de Janeiro. A partir da composição química e granulometria da argila, foram definidos como matérias-primas complementares uma areia quartzosa e filito. Foram preparados corpos-de-prova por prensagem uniaxial a 20 MPa para queima em forno de laboratório a 950ºC. As propriedades tecnológicas determinadas foram: densidade aparente, retração linear, absorção de água e resistência mecânica (flexão em três pontos). Os resultados indicaram que a incorporação de areia e filito melhoraram o grau de empacotamento da argila pura, reduziu a perda ao fogo e o teor de alumina. Estes fatores resultaram numa pequena redução da porosidade aberta de queima, melhorando a absorção de água e reduzindo a retração linear. Entretanto, a resistência mecânica foi comprometida em função do aumento do teor de quartzo.
<< Voltar