Formulações de produtos cerâmicos utilizando resíduos do setor petrolífero e da agricultura

Prof. Dr. Wilson Acchar

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo
A incorporação de resíduos é uma das muitas condições para aumentar a sustentabilidade da economia, uma vez que a geração desses é inevitável. As vantagens potenciais da reciclagem para a sociedade são, entre outras, a preservação de recursos naturais, economia de energia, redução do volume de aterros, redução da poluição, geração de empregos, redução do custo do controle ambiental pelas indústrias, aumento da durabilidade e, até mesmo, a economia de divisas. A inclusão de elementos de reforço nos solos, para melhoria de suas propriedades, já era do conhecimento de povos da antiguidade. Isto pode ser confirmado através de algumas construções, ainda existentes nos dias de hoje, como as muralhas de Ziggurat de Agar Quf, na Mesopotâmia (1400 a.C.), construídas utilizando-se camadas intercaladas de solo e mantas de raízes. Os Incas utilizavam lã de lhama misturada ao solo na construção de estradas resistentes ao tempo. A produção de petróleo no Brasil cresceu significativamente nas ultimas décadas, graças aos contínuos avanços tecnológicos de perfuração e produção. Os fluidos de perfuração usados na perfuração de poços de petróleo são misturas complexas de sólidos, líquidos, produtos químicos e, por vezes, até gases. As principais finalidades do fluido de perfuração é carrear os fragmentos das rochas perfuradas até a superfície; resfriar e lubrificar a broca e sustentar hidraulicamente as paredes do poço. Os cascalhos de perfuração são misturas de pequenos fragmentos de rochas impregnados com o fluido usado para lubrificar e resfriar a broca durante a perfuração. Este tipo de resíduo de perfuração de poços de petróleo é depositado em aterros, sem tratamento prévio, e constituem um grande passivo ambiental. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de cana de açúcar e café e resíduos de ambas as produções se constituem atualmente em um grande problema ecológico. Esse trabalho tem como objetivo mostrar formulações cerâmicas produtos que utilizam esses diversos resíduos agroindustriais como matérias-primas. Resultados obtidos na fabricação de tijolos ecológicos (cascalho de petróleo e cinza da queima da cana de açúcar) e pisos cerâmicos (cinza da queima da casca de café) são discutidos. O uso destes materiais significa um grande passo no que se refere ao desenvolvimento sustentável e um grande alivio que vai produzir ao diminuir os aterros sanitários utilizados hoje em dia para armazenar esses resíduos.

Copyright © 2016-2017 Metallum. Todos direitos reservados.
Site produzido por: SITESP.NET

Matérias-Primas,Síntese de Pós,Cerâmica Vermelha,Cerâmica Branca,Revestimento Cerâmico,Gesso e Cimento,Refratários / Isolantes Térmicos,Vidros e Vitrocerâmicos,Cerâmica Termo-Mecânica,Cerâmica Eletro-Eletrônica / Magnética,Compósitos,Biocerâmica,Reciclagem e Meio Ambiente,Arte e Design,Esmaltes / Fritas / Corantes,Ceramografia,Processamento,Nanotecnologia,Educação em Materiais Cerâmicos