Produção de Bijouterias Cerâmicas através da técnica de moldagem por Colagem de Barbotina

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
14-006
Tércio Graciano Machado Machado, T.G.(Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia); Assis, R.B.(Instituto Federal da Bahia/ Campus Jacobina); Lyra, Y.P.(Instituto Federal da Bahia/ Campus Jacobina); Monteiro, F.M.(IFBA, UFRN(PPGEM)); Oliveira, W.G.(Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia); A colagem de barbotina é um processo de fabricação de peças cerâmicas descrito como a consolidação de partículas de uma suspensão aquosa de pós cerâmicos (barbotina) através da remoção da parte líquida em um molde absorvente, geralmente de gesso. Devido à sua simplicidade e baixo custo de investimento, vem sendo largamente empregado na produção de peças cerâmicas. Apesar dessa técnica ser antiga, é necessário o desenvolvimento de uma formulação (pó cerâmico + aditivo de moldagem) adequada, de acordo com as características de cada pó cerâmico; pois se a barbotina não estiver bem dispersa poderá gerar peças defeituosas, com paredes irregulares, tendo suas propriedades mecânicas e estruturais prejudicadas após a sinterização. A proposta deste trabalho é desenvolver bijouterias cerâmicas por colagem de barbotina utilizando matérias primas da região de Jacobina-BA. As matérias primas utilizadas serão caracterizadas via FRX e DRX, sendo as peças queimadas nas temperaturas de 850, 900 e 1000oC. Serão analisadas suas características tecnológicas, tais como, Absorção de Água, Porosidade Aparente e resistência à flexão.
<< Voltar