Caracterização Tecnológica das Matérias-Primas Argilosas do Médio Amazonas

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
01-024
Lucas Fernandes Santos Santos, L.F.(Universidade Federal do Amazonas); Lima, R.H.(Universidade Federal do Amazonas); O estudo de matérias-primas argilosas empregadas nas indústrias de cerâmica vermelha estrutural tem como meta a busca de informações que possam auxiliar no desenvolvimento de produtos e processos. O resultado poderá ser refletido através da obtenção de tijolos e telhas de melhor qualidade, seja por mudanças no uso de materiais de novas jazidas, seja nas formulações das misturas ou mesmos por melhorias no processo de fabricação. As principais matérias primas argilosas utilizadas no setor cerâmico no Amazonas relacionam-se com as Formações Novo Remanso e Alter do Chão, como também, aos depósitos aluvionares nos rios Solimões, Negro e Amazons. Atualmente, a região do médio rio Amazonas principalmente as cidades de Itacoatiara e Rio Preto da Eva (AM) vem tendo um crescimento populacional expressivo e necessitando, portanto de habitações para esta nova população. A localização privilegiada de Itacoatiara, demanda ascendente do consumo dos produtos cerâmicos e vasta disponibilidade de matéria prima argilosa justifica investimentos para se estabelecer um novo Arranjo Produtivo Cerâmico (APL) nesta região, estratégico para o desenvolvimento regional. Mesmo diante desta demanda, o conhecimento técnico em relação as reservas minerais é muito pequeno, justificando-se a realização desta proposta de trabalho. Os estudos geológicos destes materiais, proposta deste trabalho, se dá através de uma caracterização tecnológica das matérias primas argilosas coletadas, com o intuito de colaborar com o levantamento de informações para uma possível exploração mineral e visando auxiliar as empresas do setor na região de estudo.
<< Voltar