ADIÇÃO DA DIATOMITA DE RIO DO FOGO-RN NA MASSA CERÂMICA

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
05-020
Arthur Morais Rodrigues Cavalcanti Alves Alves, A.M.(IFRN - Natal Central); Souza, M.M.(IFRN); Ferreira, D.F.(Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte); Lima, T.C.(Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte); Fontes, j.F.(Instituto Federal de Educação, ciência e tecnologia do Rio Grande do Norte); Felix, J.R.(Instituto Federal de Educação, ciência e tecnologia do Rio Grande do Norte); A diatomita ou terra diatomácea é uma rocha sedimentar argilosa, que se forma a partir da acumulação de carapaças de algas diatomáceas, as quais possuem uma parede celular com alto teor de sílica. Essa estrutura, que ocorre nas carapaças das algas é formada a partir de um processo chamado pseudomorfismo, onde a sílica substitui a matriz orgânica presente. A terra diatomácea detém uma enorme variedade de uso devido as suas propriedades físicas e químicas, geralmente, é usada como auxiliar filtrante, isolante acústico, abrasivo e outros. Este trabalho tem o objetivo acrescentar mais usos a esse recurso mineral, substituindo o quartzo, totalmente, na massa cerâmica pela diatomita do município de Rio do Fogo-RN. As amostras foram coletadas, cominuídas e peneiradas a #200, posteriormente, caracterizadas quimicamente por FRX e calcinadas. Em seguida, foram feitos os corpos de prova com a substituição total do quartzo pela diatomita, após isso as peças foram prensadas sob a pressão de 2,5MPa e sinterizadas as temperaturas de 1150, 1200, 1250 °C. Logo após foram feitos os testes de absorção de água, tensão de ruptura e retração linear de queima, que foram muito positivos, tendo em vista que o material tem um grande potencial como um esqueleto na peça cerâmica durante a sinterização, devido ao seu ponto de fusão acima de 1250 °C. As peças sinterizadas a 1250 °C apresentaram melhores resultados que as outras e é esperado que elas possam ser usadas na indústria cerâmica.
<< Voltar