Construção e avaliação de um sistema de injeção de baixa pressão para a conformação de amostras cerâmicas por gelcasting

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
17-037
Fernando Santos Ortega Ortega, F.S.(Centro Universitário da FEI); Rocha, R.C.(Centro Universitário da FEI); Costa, L.P.(Centro Universitário FEI); A conformação de peças cerâmicas pelo processo gelcasting permite a produção de peças com geometria complexa e boa precisão dimensional a partir de suspensões cerâmicas com viscosidade relativamente baixa, o que permite simplesmente verter a suspensão em um molde, ou executar o processo de moldagem com a aplicação de baixas pressões. No entanto, é necessário conhecer as propriedades da peça conformada, tais como resistência à flexão e módulo elástico. Este trabalho apresenta o desenvolvimento de um molde que permite a confecção simultânea de 10 corpos-de-prova prismáticos com dimensões adequadas ao ensaio de flexão conforme a norma ASTM C1161 e ASTM C1211, dimensões que ainda consideram retração proveniente da secagem e da sinterização. O processo de moldagem é feito com a aplicação de baixas pressões. Foram produzidos lotes de corpos-de-prova com dois tipos de alumina com diferentes distribuições de tamanho de partícula. As amostras foram caracterizadas quanto ao seu comportamento reológico, moldadas e sinterizadas. Foram medidas as retrações de secagem e de sinterização e densidade após queima. As amostras sinterizadas foram submetidas a ensaio de flexão em 4 pontos e os dados avaliados através da estatística de Weibull. Os resultados mostram que o processo foi capaz de produzir amostras com boa reprodutibilidade e que a microestrutura foi sensível à distribuição de tamanho de partículas da matéria-prima empregada, com efeitos sobre o comportamento mecânico.
<< Voltar