Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/storage/2/fe/74/metallum1/public_html/TTT2012/classes/conexao.php on line 13
Programa Preliminar - Ebrats 2012

INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA DE NITRETAÇÃO SOBRE A RESISTÊNCIA À CORROSÃO DE UMA LIGA DE TÂNTALO

Referencia Apresentador Resumo Confirmado
02-010
Mariane Gonçalves de Miranda A deterioração dos materiais pela ação química ou eletroquímica do meio pode ou não estar associada a esforços mecânicos. Entretanto, ao considerarmos o emprego de materiais na construção de equipamentos e/ou instalações, são necessários que esses resistem à ação do meio corrosivo, além de não alterar suas propriedades mecânicas e características necessárias à fabricação. Como a corrosão pode estar presente em diversos materiais, sejam eles metálicos ou não metálicos, identificou-se o material e avaliou-se a resistência à corrosão desse, antes e após a nitretação a plasma em tempo constante em diferentes temperaturas. Esse tipo de tratamento tem sido amplamente utilizado na indústria em peças que necessitam de melhoria de suas propriedades. Este trabalho tem por objetivo identificar um material metálico desconhecido para avaliar e comparar a sua resistência à corrosão antes e após o tratamento superficial por plasma. Após estudos comparativos da caracterização microestrutural e análise das técnicas empregadas, como difratometria de raios–X, chegou-se à conclusão de que o material é uma liga refratária de Ta-Nb-Ti. Após nitretação, observa-se que a camada formada foi quebradiça e irregular, apresentando uma finíssima espessura. Isso pode ter ocorrido devido ao chamado efeito de borda ou ao tipo de precipitado formado. A partir de curvas de polarização obtidas em meio NaCl 3,5% e ácido sulfúrico 0,1 M, percebeu-se que há uma tendência de diminuição da resistência à corrosão e, pouca alteração na suscetibilidade ao pite em NaCl, com o aumento da temperatura de nitretação. Isto ocorre porque a baixas temperaturas de tratamento os precipitados formados que constituem a camada nitretada são menores e em maior quantidade, proporcionando uma maior resistência ao material. Em ambos meios a amostra nitretada a 390° C é mais resistente, pois o seu potencial de evolução de hidrogênio (EH2/H+) é maior a uma menor densidade de corrente. Não se visualizou pite em nenhuma amostra, fato confirmado pelas curvas de polarização. De modo geral, a liga Ta-Nb-Ti é mais resistente em NaCl e possui elevada resistência à corrosão devido ao seu alto EH2/H+. NÃO
<< Voltar