Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/storage/2/fe/74/metallum1/public_html/TTT2012/classes/conexao.php on line 13
Programa Preliminar - Ebrats 2012

Recristalização do Aço Inoxidável AISI 430 Solidificado Direcionalmente

Referencia Apresentador Resumo Confirmado
03-017
Carlos Alberto Rodrigues A seqüência de solidificação dos aços ferríticos é fortemente dependente da quantidade e tipo dos elementos de liga adicionados e das condições de solidificação. Pryds e Huang apresentaram uma série de trabalhos sobre o efeito da taxa de resfriamento na formação da estrutura bruta de solidificação de aços inoxidáveis ferríticos. Eles encontraram um forte efeito da taxa sobre o tamanho e morfologia dos grãos e precipitados formados. Este trabalho tem por objetivo analisar a microestrutura do aço AISI 430 solidificado direcionalmente e conformado mecanicamente por compressão. O processamento do aço AISI 430 por solidificação direcional foi executado com uso de cadinhos de alumina com diâmetro interno de 0,7 mm e 350 mm de comprimento, onde as amostras foram inseridas e posicionadas dentro do forno de indução com atmosfera controlada por uma bomba de vácuo e injeção de argônio. Em todos os experimentos as amostras foram aquecidas até 1550º e mantida nesta temperatura por 30min para fusão e homogeneização, após esta etapa as amostras foram movimentadas da região de alta temperatura para a de baixa temperatura a uma velocidade de 150 mm/h. Devido à extração de calor ser muito intensa as amostras obtidas apresentaram uma microestrutura de grãos alongados de ferrita na direção de extração de calor e martensita, a qual precipitou nos contornos de grão na forma Widmanstatten e rendilhada dentro dos grãos da ferrita. Os valores de dureza encontrados para as duas fases encontradas foi de 178Hv para Fe-? e 622 Hv para a martensita. Amostras foram cortadas e conformadas mecanicamente em uma maquina de ensaio de compressão, onde a porcentagem de redução foi de 70%. Após esta etapa amostras foram tratadas termicamente (TT) em temperaturas de 830, 900, 950 e 1200ºC em tempos variando de 1 a 60 min. Amostras foram retiradas para analise metalográfica da seção longitudinal e transversal. Para revelação da microestrutura as amostras foram imersas em uma solução ácida (reagente Villela) a temperatura ambiente. Um microdurômetro HV-1000 da marca Digimess com uma carga de 50g foi utilizado para as medidas de microdureza Vickers. Pode-se observar que a rescristalização da ferrita começa em tempos de 5 minutos para as amostras TT a 830 e e 900ºC. Para as amostras TT a 950 e 1200ºC este processo inicia-se com tempo de 1 min. Vale ressaltar que dissolução completa da martensita que precipitou durante o processo de SD ocorre para temperaturas entre 1100- 1200ºC e em tempos de 1 minuto. NÃO
<< Voltar