Logotipo VIII Erur

Minha área


Novo Usuário? Crie a sua conta Esqueceu sua senha? Recuperar sua senha
Dias 22, 23 e 24 de outubro de 2014 Palace Hotel - Poços de Caldas - MG
Engenheiro metalurgista formado pela Escola Politécnica/USP. Curso de Especialização em Aluminio pela Escola Politécnica. Experiência de 45 anos na indústria do alumínio, tendo exercido durante 36 anos funções de gerência na Alcan Aluminio do Brasil nas áreas de tecnologia e Meio Ambiente. Diretor Técnico e Presidente Emérito da ABAL, consultor sênior da Intelectus Aluminum Consultant, Conselheiro da Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais (ABM) e Gestor do Comitê Brasileiro da ABNT de Normas Técnicas de Alumínio (CB-35).

 

Mercado e futuro da Industria Brasileira do Aluminio

Ayrton Filleti

ABAL

Resumo
A Indstria Brasileira do Aluminio está num momento de importantes transformações. O Brasil tem vocação para produzir aluminio primario em razão de possuir a terceira maior reserva de bauxita do mundo (principal minerio para obtenção do aluminio), alem de ter um alto potencial de energia hídrica, que é fundamental para produção de aluminio. Os anos dourados da Industria situam-se na decada de 80, quando Alcoa, Valesul, Billiton e Albras (atualmente Norsk Hydro e um pool de empresas japonesas) se estabeleceram no Norte e Nordeste do Brasil para a produção de aluminio a partir do seu minerio, bem como expansoes ocorreram na CBA e Alcan. A grande atração brasileira à epoca era sua grande quantidade de bauxita e preço de energia em niveis atraentes para a Industria. Contudo, a partir de 2010, os preços da energia subiram a preços que tornaram algumas empresas não competitivas e algumas encerraran as atividades ou suspederam temporariamente a produção. Desta forma a Industria Brasileira do Aluminio, em razao do forte crescimento da demanda domestica, esta passando de um grande exportador para importador de aluminio primario para suprir a demanda interna.

Copyright © 2019 Metallum Congressos Técnicos e Científicos. Todos direitos reservados.
Site produzido por: SITESP.NET